Blog

Fique por dentro

Testes de Proficiência – quais são os tipos que existem

Testes de Proficiência – quais são os tipos que existem

Realizar um teste de proficiência é uma maneira de saber seu nível de inglês. Com os resultados desse teste, você pode ter chances de trabalho no exterior, ou entrar em uma universidade estrangeira. Ou seja, um teste de proficiência pode ser um passe para uma carreira melhor e/ou experiências no exterior.

IELTS

IELTS é a sigla para International English Language Test System. É um exame internacional e oficial de proficiência em inglês. Ele é requisitado por instituições ao redor do mundo como uma prova de nível de inglês, sendo inclusive exigido de alunos estrangeiros em universidades em diversos países.

O IELTS é feito em dois módulos, que você deve escolher ao se inscrever para a prova. A escolha depende de seus objetivos. O módulo acadêmico é requerido para cursos de graduação ou pós-graduação no exterior, sendo validado por Universidades no mundo todo. Já o módulo geral costuma ser exigido para a obtenção de visto em países como Austrália, Nova Zelândia e Canadá, além de ser uma exigência para estágio profissional em diversos lugares do mundo.

TOEFL

TOEFL significa Test of English as a Foreign Language, e trata-se do exame de proficiência de inglês mais famoso do mundo. É aceito por várias instituições de ensino superior e universidades em mais de 130 países. Ou seja: se você deseja estudar em uma universidade no exterior, você deve realizar esse exame. 

O TOEFL avalia sua competência de compreensão e aplicação do inglês em um contexto acadêmico. O exame contém quatro requisitos: listening (interpretação oral); reading (interpretação de texto); writing (redação); e speaking (fluência e dicção).

A prova do TOEFL se dispõe de dois tipos: TOEFL iBT e o TOEFL ITP. O TOEFL iBT (Internet Based Test) é realizado online e avalia a capacidade de usar e compreender a língua inglesa no nível universitário, expondo diferentes momentos dos alunos em uma universidade. Há a mistura das seguintes habilidades: listening, reading, speaking e writing.

Já o TOEFL ITP (Institutional Test Program) é uma forma simplificada do TOEFL iBT. Não é muito pedido pelas instituições de ensino estrangeiras, mas para programas brasileiros como o Ciência sem Fronteiras, é admitido em alguns países. São avaliadas a compreensão oral e de leitura.

GRE

A sigla GRE significa “Graduate Record Examination”, trata-se de um exame padronizado, que pode ser característico para áreas como Matemática, Literatura, Biologia ou Gerais. Para qualquer uma das áreas, o exame é realizado por computador, em um centro específico. Tem duração de quatro horas.

A prova pode ser realizada diversas vezes por mês em várias cidades do Brasil, e a inscrição é realizada online. Basicamente são três seções de perguntas: Verbal Reasoning, Quantitative Reasoning e Analytical Writing.

GMTA

Graduate Management Admission Test (GMAT) é um exame de admissão obrigatória por uma boa parte das escolas de negócios nos Estados Unidos e na Europa, também é válido em alguns mestrados.

O GMAT é dividido em quatro seções: Analytical Writing Assessment (avaliação de escrita analítica) determina sua habilidade de pensar criticamente e comunicar suas ideias; Integrated Reasoning (raciocínio integrado) determina sua capacidade de analisar dados e avaliar informações em diversos formatos; Quantitative Reasoning (raciocínio quantitativo) determina sua capacidade de avaliar dados e chegar a conclusões usando métodos matemáticos; Verbal Reasoning (raciocínio verbal) qualifica sua aptidão para ler e entender diversos textox, avaliar materiais escritos e produzir ou editar textos no padrão gramatical inglês.

Essas quatro partes têm o objetivo de verificar as habilidades matemáticas, análise de dados, verbais e de leitura e escrita dos candidatos.

DELF

O DELF é o Diplôme d’Études en Langue Française (Diploma de Estudos em Língua Francesa). Esse diploma compreende quatro níveis de francês: A1, A2, B1 e B2, isto é, dos níveis básicos ao intermediário. O diploma tem validade vitalícia. Para todos os níveis será avaliado suas habilidades em: compreensão oral e escrita e produção oral e escrita.

É um diploma oficial emitido pelo Ministério da Educação Nacional. O teste DELF, a partir do B2, o estudante está capacitado a entrar nas universidades francesas. É composto por quatro níveis diferentes, em que o estudante deve estar apto a realizar:

DELF A1: ser capaz de manter interações simples; DELF A2: ser capaz de realizar tarefas simples do cotidiano; DELF B1: ser capaz de ser independente, lidando com situações imprevistas do cotidiano; DELF B2: ser capaz de ser independente o suficiente para defender sua opinião através de argumentos, desenvolver seu ponto de vista e saber negociar.

DALF

O DALF é o Diplôme approfondi de Langue Française (Diploma Aprofundado de Língua Francesa) é o diploma que compreende os níveis C1 e C2, ou seja, os níveis avançados de francês. O diploma tem validade vitalícia. Para todos os níveis será avaliado suas habilidades em: compreensão oral e escrita e produção oral e escrita.

É um diploma oficial emitido pelo Ministério da Educação Nacional, e com esse diploma, o estudante está capacitado a entrar nas universidades francesas. Resumindo, tudo o que foi citado a respeito do DELF também se aplica ao DALF, a não ser, os valores mínimos exigidos em cada nível das provas, que pode “variar” um pouco.

DELE

Para se matricular em uma universidade estrangeira é preciso ter um nível intermediário para o avançado, do idioma do país e, comprovar proficiência, no caso, estar no nível C1. Se o seu destino for um país com o idioma oficial, o espanhol, o exame mais comuns é o DELE (Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira), que é o teste oficial de avaliação do grau de fluência em espanhol.

O DELE é dividido em seis níveis: A1: o aluno tem capacidade suficiente para compreender e usar expressões cotidianas em espanhol; A2: o aluno tem capacidade de lidar com diálogos básicos do cotidiano; B1: o aluno está entre o básico e o intermediário, mas ainda não tem capacidade para diálogos complexos; B2: o aluno tem capacidade de se comunicar em situações do dia-a-dia que requer um conhecimento maior da língua; C1: o aluno tem capacidade necessária para enfrentar situações que exigem o uso avançado da língua; C2: é o nível mais alto. O aluno tem conhecimento avançado da língua espanhola e está capacitado para se expressar em qualquer situação.

Artigos relacionados

14/10/2021 – REPÚBLICA TCHECA apresenta suas universidades para brasileiros em evento virtual e gratuito.

Estudantes brasileiros e seus familiares terão a oportunidade única de conhecer 24 universidades tchecas na primeira edição virtual “Estude na República Tcheca”, nessa quinta-feira, 14 de outubro, das 17h às 21h.

Continue lendo

CONHEÇA UM DOS MAIS NOVOS PROGRAMAS EXCLUSIVOS DA SELC (SEYMOUR CAREER COLLEGE) EM VANCOUVER

A SELC College em Vancouver está expandindo cada vez mais e recentemente lançou um dos programas mais aguardados : SUPLLY CHAIN.

Continue lendo

CES Dublin está preparado para receber estudantes brasileiros!

O CES Dublin tem o prazer de anunciar que estão abertos e prontos para receber novos alunos brasileiros no CES em Dublin.

Continue lendo

Junte-se à discussão

Eu Fui!

Veja abaixo a opinião de quem já viajou com as associadas Belta.

X