Blog

Fique por dentro

Os destinos já estão recebendo brasileiros para estudar no exterior?

Os destinos já estão recebendo brasileiros para estudar no exterior?

Confira abaixo os principais destinos para a realização de sua viagem no exterior e como está sua atual situação em relação ao recebimento de estudantes brasileiros devido a pandemia do COVID-19.

Atualização dos países sobre o recebimento de brasileiros para intercâmbio (atualizado 06.12.2021)

África do Sul

Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua chegada. Caso não apresente, será obrigatório uma quarentena de 14 dias. Obrigatório baixar o aplicativo COVID Alert South Africa e preencher o questionário de saúde de viagem antes da partida.

Alemanha

 A partir de 19 de setembro não há mais quarentena obrigatória e está permitida a entrada de brasileiros completamente imunizados com as vacinas reconhecidas, ou se recuperaram da COVID ou que dispõe de um teste negativo que comprove não estarem infectados.

Argentina

A partir de 01/Out a 01/Nov haverá um corredor seguro para entrada dos países vizinhos, para quem tiver a vacinação completa incluindo coronavac, apresentar teste de PCR negativo para embarcar com pelo menos 72 horas, e realizar outra teste de 5 a 7 dias depois da chegada na Argentina. Para os não vacinados além do teste deverão fazer quarentena de 7 dias e depois fazer novo teste.

Austrália

Adiada a reabertas das fronteiras para todos os estudantes internacionais, com visto e totalmente vacinados (todas as vacinas aplicadas no Brasil são aceitas), tendo que apresentar também o teste RT-PCR negativo antes do embarque, prevista para 01/12/2021 anteriormente. Isso permitirá que as instituições de ensino planejem o retorno desses estudantes, que cheguem à Austrália e concluam seus estudo. Os estudantes internacionais que chegam à Austrália continuarão sujeitos a quarentena, dependendo do estado ou território em que chegam.

Canadá

A partir de 7 de setembro está permitida a entrada de pessoas totalmente vacinadas com imunizantes aprovados pelo país: Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca/COVISHIELD e Jansen, com a última dose tomada com pelo menos 14 dias da data da viagem. É obrigatório usar o ArriveCAN antes de fazer o check-in no aeroporto para enviar suas informações de vacinação.

E a partir de 30/11/2021 os imunizados completamente com a Coronavac passam a serem aceitos. 

Clique aqui para acessar as informações sobre o ArriveCAN.

Os detalhes dos demais requisitos estão no AQUI NO LINK

Quanto a cursos de curta duração, os estudantes podem viajar com eTA ou visto de turista.

Chile

As fronteiras estarão abertas a partir de 01/10/21 para brasileiros totalmente vacinados, com apresentação de teste negativo de PCR, seguro médico de US$ 30 mil e quarentena de 7 dias em local escolhido pelo visitante.

Emirados Árabes Unidos

Necessário ter atestado negativo de teste de PCR, que deve ter sido realizado até no máximo 96 horas antes do horário de partida. Passageiros que chegaram em Dubai a partir do Brasil deverão fazer outro teste de PCR na chegada no aeroporto internacional de Dubai.

Espanha

A partir de 24 de agosto a Espanha liberou a entrada de pessoas procedentes do Brasil com protocolo de vacinação completo, sendo que a Coronavac está incluída nas vacinas aceitas. No link anexo estão os detalhes. O Consulado da Espanha em São Paulo está fazendo os tramites para visto de estudante. 

Estados Unidos

A partir de 08 de novembro brasileiros com vacinação completa válida, com as vacinas aprovadas pela OMS, poderão entrar sem quarentena, com a comprovação dessa vacinação e o teste RT-PCR negativo feito no dia do voo ou no dia anterior ao mesmo.

Os consulados americanos estão atendendo para emissão de vistos.

França

A fim de reduzir a propagação do vírus, o governo francês decidiu implementar as seguintes medidas:

A partir de 1° de dezembro:

Todos os passageiros chegando de fora da UE, mesmo vacinados, deverão apresentar o resultado negativo do teste PCR, realizado no máximo 48 horas antes do embarque. Os passageiros chegando de outros países da UE deverão apresentar o resultado negativo do PCR apenas se não estiverem vacinados e a validade do teste é de 24 horas.
Por enquanto, a obrigação da vacina de reforço (3ª dose) não se aplica ao passe de saúde dito de “viagem”: os franceses residentes fora da França podem obter o passe sanitário para regressar à França mesmo que não tenham recebido a dose de vacina de reforço. Entretanto, o resultado negativo do teste PCR será exigido de todos os passageiros oriundos de países classificados na zona vermelha, como o Brasil. As vacinas aceitas pela França são as reconhecidas pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA): Pfizer, Moderna, AstraZeneca / Vaxzevria / Covishield e Johnson & Johnson.

Holanda

Obrigatório apresentar teste PCR negativo que deve ter sido realizado até no máximo 72 horas antes do embarque e preencher declaração de saúde. Obrigatório realizar quarentena de 10 dias no país, podendo realizar um teste no 5º dia para liberação adiantada da quarentena caso dê negativo.

Inglaterra

Permitido a entrada desde que passem pelo menos os 10 dias anteriores em um dos países do corredor seguro antes de chegar ao Reino Unido. Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida, preencher um formulário de localização de passageiro e ter o pacote de quarentena obrigatório que inclui 2 testes de COVID-19 e quarentena de 10 dias em um hotel aprovado por eles.

Irlanda

A partir de 01/11/2021 está permitida a entrada de estudantes de cursos de idiomas, completamente vacinados com as vacinas reconhecidas pela Comunidade Européia (não inclui Coronavac). Quem não estiver vacinado ou vacinado com Coronavac terá que fazer quarentena de duas semanas em hotel. Todos deverão apresentar o teste negativo de PCR.

Itália

Permitido a entrada desde que passem pelo menos os 14 dias anteriores em um dos países do corredor seguro. Se viajar para propósito de estudos poderá entrar sem passar por um dos países do corredor seguro.

Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo realizado nas 72 horas anteriores à entrada na Itália, preencher formulário dpLF obrigatório antes do embarque, autodeclaração em papel para apresentar a imigração, teste de PCR negativo na chegada no aeroporto independentemente do resultado do exame, obrigatoriedade de quarentena a pelo período de 10 dias e realizar um novo teste PCR ao final do 10º dia.

Malta

O Brasil está na red list, o que significa que as viagens só são permitidas por motivos excepcionais.

Saiba mais

Nova Zelândia

O Brasil deixará de ser considerado país de alto risco e passará a ser considerado de risco a partir de 30/04/2022.

Portugal

A partir de 01/09/2021 está permitida entrada de brasileiros com a apresentação de prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida, ou o teste rápido de antígeno com 48 horas anteriores à partida, sem necessidade de fazer quarentena.

Reino Unido

Brasileiros vacinados com as vacinas Oxford/AstraZeneca, Pfizer BioNTech, Jansen e Moderna com pelo menos 14 dias a contar da data da segunda dose, com apresentação de certificado de vacinação, poderão entrar no UK, tendo que apresentar também o teste negativo de RT-PCR feito 48 horas antes da data da viagem para todos acima de 12 anos.

Suíça

A partir de 26 de junho, brasileiros totalmente vacinados, 1ª e 2ª doses (ou dose única), atualmente com BioNTech, Moderna, Pfizer, Janssen, AstraZeneca, Sinovac, Sinopharm e Serum Institute of India, poderão entrar na Suíça isentos de quarentena e/ou teste PCR. As vacinas terão validade de 12 meses.

Toda semana atualizaremos a tabela para você se manter informado. Se tiver informações sobre algum dos países, envie para nós (info@belta.org.br)!

Artigos relacionados

UE oferece 50% do valor total do curso para brasileiros

Classificada entre os principais destinos de ensino superior do mundo, a Alemanha atrai estudantes internacionais com seus diplomas renomados mundialmente.

Continue lendo

Hermes Colleges Network – Aviron Quebec : The Trades – Uma profissão confiável!

De acordo com a Statistics Canada e o Canadian Apprenticeship Forum, o Canadá precisa atrair cerca de 167.739 novos aprendizes nos próximos cinco anos para atender à demanda.

Continue lendo

Hermes Colleges Network – Ascent College: busque uma carreira para o futuro!

A pandemia COVID-19 mudou completamente nossas vidas. Seus impactos foram e ainda são sentidos em todos os setores.

Continue lendo

Junte-se à discussão

Eu Fui!

Veja abaixo a opinião de quem já viajou com as associadas Belta.

X