Blog

Fique por dentro

Intercâmbio: Canadá é destino preferido por brasileiros há 14 anos

Intercâmbio: Canadá é destino preferido por brasileiros há 14 anos
Canadá é destino de intercâmbio mais vendido por agências e também os mais desejado entre brasileiros que querem estudar no exterior

Nathalia Molina
O Canadá mais uma vez se confirma como o destino de intercâmbio preferido dos brasileiros. Agora já são 14 anos seguidos no primeiro lugar, aponta a Pesquisa Selo Belta 2019. O país ficou de novo na frente tanto no levantamento realizado com as agências quanto entre os estudantes que desejam estudar fora.O levantamento anual, encomendado pela Associação Brasileira Especializada em Educação Internacional (Belta), foi executado pelo grupo Mobilidade Acadêmica, do departamento de Pesquisa da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). Nele, foram considerados dois estudos: um com 522 pontos de venda de agências de intercâmbio e outro com 4.929 alunos, que já viajaram para intercâmbio ou que ainda querem fazer. Os dados foram coletados em 2018.

Por que estudar no Canadá?

O interesse pelo Canadá segue em alta, porém o total de agências que citaram o país como seu destino mais procurado caiu para 65%, em comparação com 82% da Pesquisa Selo Belta 2018. Mas segue acima do levantamento realizado dois anos atrás, quando 53% mencionaram o Canadá em primeiro lugar.

Se você pensa em estudar no país, leia a série que escrevi sobre intercâmbio no Canadá. Para entender por que o país faz tanto sucesso entre viajantes e estudantes, vale ler meu primeiro texto aqui, no qual expliquei por que resolvi fazer um blog com dicas do Canadá, e também o passeio que faço pelo país no texto sobre o aniversário do Canadá.

Intercâmbio em Toronto, Vancouver e Montréal

Toronto e Vancouver são as cidades canadenses mais procuradas por brasileiros para intercâmbio de inglês — veja uma série sobre o que fazer em Toronto e um guia de Vancouver grátis para planejar sua viagem. Montréal é o destino buscado para intercâmbio de francês no Canadá — tive a oportunidade de fazer um intercâmbio de duas semanas no Canadá, a convite da Experimento Intercâmbio Cultural, da Air Canada e da EC Montreal. Escrevi uma reportagem de capa para o Viagem Estadão sobre a experiência de aprender francês com gastronomia em Montréal.

Depois do Canadá, de acordo com a Pesquisa Selo Belta 2019, os destinos de intercâmbio mais procurados foram Estados Unidos e Reino Unido, repetindo a colocação do levantamento anterior. Nas posições seguintes, a Irlanda passou a Austrália e Malta tomou o sexto lugar da Nova Zelândia. “Pela primeira vez, Malta aparece entre os seis destinos mais procurados porque implantou a política do intercambista ter a possibilidade de estudar e trabalhar. É um ganho para a ilha, para nós e para todos do setor de viagem de estudos no exterior”, afirmou a presidente da Belta, Maura Leão.

Curso de idioma, estudo com trabalho e graduação no exterior

A Pesquisa Selo Belta 2019 mostra também os programas de intercâmbio favoritos. No topo da lista, como ocorre há anos, estão os programas de línguas. Nos cursos de idioma, a posição das línguas preferidas segue a mesma há três anos: inglês, espanhol, francês, alemão, italiano, japonês e mandarim.

Confirmando a tendência que se vê desde o levantamento divulgado em 2017, intercâmbio com estudo e trabalho se mantém na segunda colocação, seguido por cursos de férias (verão/inverno) para adolescentes. A surpresa ficou por conta dos cursos de graduação, que passaram do sexto para o quarto lugar, tomando à frente de curso profissional e de high school no exterior.

“Um dos motivos de vermos essa ascensão dos cursos de graduação é a especialização maior das universidades do exterior em receber os brasileiros e também a possibilidade desse aluno ir como intercambista esportivo”, explicou Maura. “Tivemos um aumento de 20% no número de jovens indo nessa modalidade de intercâmbio. Em números absolutos, 3 mil indivíduos embarcaram para fazerem graduação com bolsa parcial ou total devido ao esporte.”

Vancouver está entre as preferidas para cursos de inglês – Foto: Coast Mountain/Photography/Tourism Vancouver/Divulgação

Mais estudantes e intercâmbios de até um mês

Qualidade de vida, localização do país e estilo de vida local foram as três razões mais citadas pelos 4.929 alunos ouvidos. No estudo com os 522 pontos de venda, câmbio favorável, qualidade de vida e país onde se fala inglês foram os aspectos que mais influenciaram na escolha do destino.

O total de alunos que as agências consultadas enviaram para estudar no exterior subiu 302 mil para 365 mil, um aumento equivalente a 17,26%. A duração da maior parte das viagens, no entanto, encolheu. No levantamento anterior, 80,9% fizeram intercâmbio entre 2 e 3 meses e 16,9% estudaram fora por até um mês. Os dados da Pesquisa Selo Belta 2019 mostram que 2 a 3 meses continua sendo o período escolhido pela maioria, mas em um total menor: 59% dos intercambistas. Já as viagens mais curtas, de até um mês, aumentaram para 32,3%.

O faturamento médio por agência caiu de US$ 3,75 milhões em 2017 para US$ 1,66 milhão em 2018. No levantamento mais recente, o gasto médio por cliente foi US$ 8.650. Entre as empresas ouvidas, 65% estão na Região Sudeste; 24%, no Sul; e 14%, no Nordeste. Dos 522 pontos de venda ouvidos, 470 são de agências associadas à Belta, associação com 27 anos de existência, que responde por 75% do mercado de educação internacional no Brasil.

Fonte: Estadão

Artigos relacionados

A MAIOR FEIRA DO BRASIL SOBRE OPORTUNIDADES DE ESTUDOS NO REINO UNIDO JÁ TEM DATAS CONFIRMADAS PARA 2019. INSCREVA-SE!

As universidades britânicas são conhecidas por aliar a tradição acadêmica aos métodos mais...

Continue lendo

São Paulo recebe 3ª edição da Feira Trabalhar & Estudar no exterior

Organizado pela CI Intercâmbio e Viagem, evento focado em trabalho e estudo fora do Brasil reúne...

Continue lendo

Belta participa da EduExpos, maior feira de intercâmbio!

Os interessados em estudar no exterior têm duas ótimas feiras para visitar em setembro. A...

Continue lendo

Junte-se à discussão

Eu Fui!

Veja abaixo a opinião de quem já viajou com as associadas Belta.

X