Blog

Fique por dentro

Chile: destino mais prático para quem deseja ampliar o conhecimento na língua espanhola 

Chile: destino mais prático para quem deseja ampliar o conhecimento na língua espanhola 

“Oh, Chile, grande pétala de mar, vinho e neve”. As palavras do poeta Pablo Neruda sobre sua pátria dão contornos àquela que é a nação com o maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) da América Latina – e, por tabela, uma das melhores pare se viver. Dá para adicionar à poesia o fato de o Chile ser a terra do deserto mais árido do planeta, o Atacama, e também dono de um dos sistemas educacionais mais cobiçados do continente.

O país de Neruda e Gabriela Mistral, ambos agraciados com o prêmio Nobel de Literatura, é dos destinos mais práticos para quem deseja aprender ou ampliar o conhecimento na língua espanhola. Muitas escolas – e universidades! – recebem estudantes de todo o mundo que buscam o domínio no idioma. Valparaíso e Viña del Mar, duas das cidades mais procuradas por turistas, também atraem muitos estudantes, embora Santiago seja a mais popular.

A experiência fora da sala de aula na capital varia de acordo com a época do ano: se o verão é convidativo para passeios no descolado bairro de Lastarria em meio a seus bares, cafés e lojas, o inverno é o período para visitar o Valle Nevado, onde estão as pistas de esportes na neve mais populares da região. Mas se você quiser curtir o frio em todo o seu esplendor, não deixe de conhecer a Patagônia nesse período – e, dessa forma, evite os infames ventos pelos quais a reserva é conhecida durante o verão, que chegam a quase 200 km/h!

Santiago também é casa da Pontificia Universidad Católica do Chile, apontada pelo QS University Rankings 2019 como a melhor universidade de América Latina. Quatro dos cinco campi da instituição estão localizados na capital, e os estudos nas áreas de arquitetura, arte & design, comunicação e sociologia figuram entre os 50 mais prestigiados do mundo. A Universidade do Chile, a mais antiga do país, aparece na 7° posição do levantamento.

Companhias aéreas low cost tornam mais em conta a missão de desbravar o país de norte a sul. Dos cenários que parecem saídos de um filme sci-fi do Atacama às geleiras eternas do sul da Patagônia, o Chile proporciona uma experiência de intercâmbio que poucas nações conseguem competir. O melhor de tudo é saber que os gastos são proporcionais ao custo de vida no Brasil, que está bem pertinho para facilitar tirar a sua viagem de estudos do papel.

 Para ouvir antes de embarcar
La Voz de los ’80, de Los Prisioneros
O disco de estreia da banda de rock mais importante do Chile deu voz à juventude do país sob a ditadura militar de Augusto Pinochet e influenciou inúmeras bandas do continente.

Para ver de perto
Parque Nacional Rapa Nui, na Ilha de Páscoa
Berço da cultura Rapa Nui, o local é famoso por suas centenárias estátuas moais. Embora parte do território chileno, a ilha está a 3,7 mil km de distância do continente!

Infográfico
Os países da América Latina com maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH):
0.843 – Chile (44° no ranking global)
0.825 – Argentina (47° no ranking global)
0.804 – Uruguai (55° no ranking global)
0.759 – Brasil (79° no ranking global)

Artigos relacionados

Planejamento financeiro: qual a melhor forma de realizar o sonho do intercâmbio?

Em tempos de crises, costumamos pensar muito mais para realizar qualquer coisa que envolva um...

Continue lendo

Os destinos já estão recebendo brasileiros para estudar no exterior?

Confira abaixo os principais destinos para a realização de sua viagem no exterior e como está...

Continue lendo

Ensino Superior: as vantagens do diploma universitário no exterior

Um intercâmbio sempre é uma experiência enriquecedora, pessoal e profissionalmente falando. O...

Continue lendo

Junte-se à discussão

Eu Fui!

Veja abaixo a opinião de quem já viajou com as associadas Belta.

X