Blog

Fique por dentro

China: o terceiro país mais extenso do globo

China: o terceiro país mais extenso do globo

Os números relativos à China dizem muito a respeito do país. Segunda maior economia do planeta, a nação conta com mais de 1,3 bilhão de habitantes em seu território, o terceiro mais extenso do globo – isso sem contar com uma diáspora que ultrapassa os 40 milhões. Mas o mais importante: uma civilização de mais de 5.000 anos tem muito a ensinar, e um dos principais caminhos para a transmissão desse conhecimento é através da educação.

Ano a ano, a China amplia cada vez mais a sua força nos rankings internacionais de educação. Um símbolo desse crescimento exponencial é a Universidade de Tsinghua, localizada na capital Pequim e alma mater de uma infinidade de personalidades em posição de liderança no país.  De acordo com o levantamento Times Higher Education World University Rankings 2019, o centro fundado em 1911 subiu oito posições e assumiu a 22ª colocação do ranking – a melhor entrada de uma universidade no continente asiático.

A qualidade do ensino superior chinês tem atraído estudantes de todo o mundo. Os números oficiais apontam que cerca de 440 mil intercambistas estão matriculados em universidades e centros de ensino na China, o que faz do país o quarto destino mais procurado do planeta para estudantes, atrás apenas dos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália. A intenção do governo é que esse número alcance o meio milhão logo em 2020!

Entre programas de graduação, mestrado, doutorado e cursos livres, a Universidade de Tsinghua oferece uma série de programas para estudantes internacionais em inglês, embora saber mandarim amplia (e muito!) o leque de escolhas. A título de ilustração, o centro conta com 15 programas de mestrado na língua de Shakespeare; um número que salta para mais de uma centena quando são contabilizados os programas lecionados em mandarim!

A proporção segue uma linha similar em outras grandes universidades chinesas, como nas renomadas Universidade de Pequim e a Universidade de Ciência e Tecnologia da China. Mas não se desespere: todas contam com centros de ensino de mandarim, presentes também em outras universidades e em diversas escolas especializadas para o aprendizado do idioma. Já pensou sair do intercâmbio com fluência na língua mais falada – e uma das mais complexas – do mundo? Pois considere a China como seu destino de estudos agora!

Para ler antes de embarcar
Laowai, de Sônia Bridi
A jornalista dá um panorama detalhado sobre a vida, a cultura e as curiosidades da China, onde passou mais de dois anos como correspondente internacional.

Para ver de perto
Exército de Terracota, em Xian
Também conhecido como Guerreiros de Xian, as centenas de esculturas datam de milhares de anos atrás e representam os exércitos do primeiro imperador da China unificada.

As maiores populações do planeta:
1° – China (1,4 bilhão de habitantes)
2° – Índia (1,3 bilhão de habitantes)
3° – Estados Unidos (329 milhões de habitantes)
5° – Brasil (209 milhões)

 

Artigos relacionados

Reino Unido: um dos destinos mais cobiçados de intercâmbio

Você deve ter ouvido falar bastante do Reino Unido nos últimos tempos em decorrência do chamado...

Continue lendo

Suíça: o melhor país do mundo

O melhor país do mundo. Essa é a avaliação da Suíça no U.S. News & World Report 2018,...

Continue lendo

Os serviços indispensáveis para fazer seu intercâmbio acontecer

Já escolheu o destino e o curso da viagem de estudos? Chegou o momento de lidar com algumas...

Continue lendo

Junte-se à discussão

Eu Fui!

Veja abaixo a opinião de quem já viajou com as associadas Belta.

X