Marrocos

Marrocos
  • Moeda:Dirham
  • Embaixada em Brasília:(61) 3321-3994
  • Consulado em São Paulo:(11) 3256-2146

Praias, sol, riqueza histórica, um deserto, montes de 4 mil metros, mercados árabes, águas do Atlântico e do Mediterrâneo e pleno continemte africano mas a um passo da Espanha: bem-vindo ao Marrocos.

O país africano, situado no que se convencionou chamar de Magreb (região do extremo oeste do mundo árabe, que inclui também Sahara Ocidental, Argélia e Tunísia, Mauritânia e Líbia), atrai turista por sua proximidade com a Europa: é separado do outro continente por um pequeo estreito, o estreito de Gibraltar – que é também a saída do mar Mediterrâneo ao oceano Atlântico. Aqui, os dois continentes quase se tocam, razão pela qual um pouco das duas culturas se mescla: quem vai à Andaluzia, região espanhola onde estão as cidades de Sevilha e Granada, pode ver um pouco da herança árabe, e quem chega ao Marrocos nota um pouco da infuência andaluza.

Em seus 710 mil km2, distribuem-se de praias que mais parecem um paraíso até um trecho do maior dos desertos: o Saara. Entre as cidades mais importantes estão Fes, Marrakech, Meknès, Casablanca e Rabat – todas com uma herança histórica que atrai cerca de 3 milhões de visitantes por ano. As três primeiras, aliás, são cidades imperiais recheadas de antigos mercados e momumentos árabes. Aqui se fala árabe e 99% dos habitantes tem com religião o islamismo.

O país é uma boa pedida para estudar o árabe – possui boas alternativas de diversão, além de estar conectado com os principais países de seu continente e do continente europeu. Uma das cidades que atrai mais estudantes é Rabat, a capital, com seu centro antigo, seu minarete e suas casas brancas – logo perto da medina já se vê um pouco de cultura andaluza, caso do jardim de Oudayas Kasbah, em estilo andaluz. Aqui fica também o mausoléu do rei Mohammed V, que proclamou a independência do Marrocos em 1956 e o Palácio Real, residência do rei e local de governo desde 1912.

Mas nem tudo remete ao passado: a parte nova da cidade oferece também muito charme em suas avenidas largas com variadas cafeterias. Pertinho de Rabat ficam praias paradisíacas e, para os amantes do golfe, há o Royal Golf Dar Es-Salam, que atrai jogadores de todo o país.


Últimas Novidades

Confira aqui as últimas notícias do universo Belta Online.

Diário de Intercambista Cape Town: Dizendo até logo!

Olá Pessoal, tudo bom? Cheguei aos meus últimos dias na Africa do Sul, o clima é de tristeza...

Confira!

Universidades da Nova Zelândia buscam acordos de cooperação com o Brasil

De acordo com a Pesquisa de Mercado Selo BELTA 2018, a Nova Zelândia é o 4o destino na intenção...

Confira!

Chile

Tanto em relação ao idioma espanhol quanto ao ensino superior, o Chile é umas das melhores...

Confira!

França

Há anos, a França ocupa o topo da lista dos países mais visitados do mundo. Vivenciar a cultura...

Confira!

Intercâmbio superior: a faculdade fora do Brasil

Tudo o que você precisa saber para fazer o ensino superior no exterior  Assim que terminou o...

Confira!

Diário de Intercambista Cape Town: Os últimos dias

Olá Pessoal, Já começa a doer o coração só de saber que está acabando e que tudo que...

Confira!

Diário de Intercambista Cape Town: Começo da segunda semana

Ola pessoal, tudo bom? Começamos a última semana de aula, aproveitei essa nova semana para ler...

Confira!

Diário de Intercambista Cape Town: Turistando parte 2

Hey guys! Já estou começando a sentir que o inglês esta sendo algo natural pra mim, no...

Confira!

Diário de Intercambista Cape Town: Turistando

Olá pessoal, Voltei com mais peripécias de minha viagem por Cape Town, na África do...

Confira!

Diário de Intercambista Cape Town: O que aprendi com uma trilha?

Ola pessoal, voltei com mais novidades sobre minha viagem na África do Sul No terceiro dia tive...

Confira!
X