Filipinas

Filipinas
  • Moeda:PESO (PHP)
  • Temperatura: -7 °C A 30 °C
  • Embaixada em Brasília:(0xx61) 3224-8694/3223-5143
  • Consulado em São Paulo:0xx11) 3259-4966

Águas com coloração verde esmeralda, animais marinhos e silvestres e plantas raras compõe a biodiversidade das Filipinas, arquipélago localizado ao sul da Ásia de clima tropical e povo simpático, um paraíso ecológico para os amantes da natureza e apreciadores da vida marinha.
O arquipélago é formado por 7107 ilhas, sendo habitadas apenas 2000, e chega a ser quase impossível dizer qual delas é a mais bonita. A variedade de espécies animais e vegetais é imensa, dentro de uma aérea de 300.780 km, em torno de 2,2 milhões de quilômetros de águas marítimas. Por lá, é possível observar mais de 13.500 tipos de plantas, 2.400 espécies de peixes, 1100 espécies de animais vertebrados, 170 de aves, 100 de mamíferos e 500 corais. O destino é o paraíso do amante da preservação ambiental.
Foi o navegador Fernão de Magalhães que descobriu em 1521 as ilhas. Depois da sua descoberta, a região foi colonizada pela Espanha (1521- 1898) e pelos Estados Unidos (1898 – 1946) e por isso o inglês é o segundo idioma oficial do país, sendo o primeiro o filipino, língua que pertence ao grupo “austronésios”, aquele dos idiomas que surgiram de civilizações antigas na Ásia. Outro exemplo de herança cultural deixada por ex-colonizadores é a culinária: o prato mais conhecido é o adobo, feito de carne de frango ou de porco, que leva em seu tempero alho, molho de soja, vinagrete e pimenta, um típico prato espanhol.
Para quem quer estudar na Ásia, vale a pena considerar a Filipinas como destino. O sistema educacional do país tem 200 instituições de ensino superior, 650 escolas públicas, 1.600 privadas e 110 universidades estaduais. Além disso, os filipinos são pessoas hospitaleiras, o arquipélago tem custo de vida baixo comparado à China e todos os programas de estudos são na língua inglesa. Ou seja, se a intenção é aprimorar o inglês dá para fazer isso em uma viagem educacional para as Filipinas.
Dá até para combinar os estudos com passeios por todo o país. Ao norte, na capital Manila, o estudante poderá conhecer a história desse destino no Museu Nacional das Filipinas e visitar o vulcão Taal, um dos 1.500 vulcões ativos no mundo. Ao sul, na cosmopolita Mindanao, oitava maior ilha do mundo e segunda maior das Filipinas, a beleza geológica fica por conta das altas montanhas, picos vulcânicos isolados e cachoeiras. Na ilha de Palawan, ao oeste, os passeios podem ser feitos em canoas que percorrem lindos cenários de praias e lagoas secretas. Já na zona central, na região Visayas, o viajante poderá conhecer as ilhas mais turísticas: Panay, de Cebu, Leyte, de Samar e a ilha de Mactan.


Novidades Relacionadas

Confira aqui as últimas notícias do universo Belta Online.

A chance de ver o mundo com olhos solidários

Conhecer outras culturas e ainda ajudar o próximo são os objetivos de quem cai na estrada como...

Confira!
X