África do Sul

África do Sul
  • Moeda:Rand
  • Comércio:das 8h30 às 17h
  • Temperatura:Verão: 21/ 26ºC - Inverno:11/ 22ºC
  • Banco e Agências de câmbio:das 9h às 15h30
  • Embaixada do Brasil:(2712) 341-1712
  • Embaixada em Brasília:(61) 3312-9500
  • Consulado em São Paulo:(11) 3265-0449
  • site oficial:www.africadosul-consp.org.br

Em tempos de dólar caro, nada melhor do que investir em destinos com excelente custo-benefício para a viagem de intercâmbio, especialmente se o objetivo é aprender ou aprimorar o idioma inglês.

Nesse quesito, a África do Sul desponta como uma das melhores opções para quem busca aliar educação de qualidade e custo de vida barato em cidades com infraestrutura de ponta.

Enquanto o dólar vale em média R$4*, o rand – moeda sul-africana – vale o equivalente a R$0,25, o que deixa gastos com curso, hospedagem e alimentação mais acessíveis em comparação com os outros mercados de língua inglesa. A África do Sul é uma antiga colônia inglesa que tem, além do inglês, outros dez idiomas oficiais. O ambiente poliglota e a consequente variação de sotaques e pronúncias encontrados no dia a dia fazem com que o estudante treine os ouvidos e fique preparado para diversidade do idioma no mundo globalizado.

Outro ponto a favor do destino é a não-exigência de visto para brasileiros, que recebem um visto de três meses ao entrar no país, que pode ser usado para estudar. Uma vez em solo sul-africano, o visto pode ser estendido por mais três meses.

A facilidade de viajar para a África do Sul impacta o número de brasileiros que escolhem o destino para estudar. Segundo dados da EduSA (associação de escolas de inglês da África do Sul) em 2014 a África do Sul recebeu 10 mil estudantes estrangeiros. Desse total, 15% eram brasileiros, que passaram, em média, de cinco a sete semanas estudando na África do Sul. É a maior média de permanência no destino entre os estudantes estrangeiros.

A EduSA reúne 23 membros distribuidos em três das nove províncias sul-africanas: Western Cape, Eastern Cape e Gauteng, regiões beneficiadas pelos investimentos em estrutura para a Copa do Mundo de 2010. Aeroportos, estradas, hotéis, transporte, tudo está impecável.

A brasileira Suelen Barcelos, 25 anos, foi para Cape Town em 2014 para estudar inglês durante um mês e só tem elogios ao país. “Nunca tinha pensado em vir para cá estudar. Imaginava o país pobre, com animais na rua. Pura ignorância. Larguei o sonho americano e me surpreendi. A cidade é linda e aqui evolui mais do que a vida inteira frequentando cursos de inglês no Brasil”, diz.

De acordo com Torrique Borges, vice-presidente da EduSA e gerente geral da LAL Cape Town, a procura de estrangeiros pela África do Sul começou em 1994, quando a democracia foi reestabelecida, fora o fato do país ter sido divulgado como um grande destino para turismo segundo os principais rankings do gênero. “O crescimento econômico apresentado pelo Brasil na última década foi outro aspecto favorável, porque mais pessoas tiveram a oportunidade para viajar para o exterior”, diz.

Em Western Cape fica Cape Town, cidade litorânea conhecida por atrações como a Table Mountain e as vinícolas do Cabo, onde são produzidos alguns do melhores vinhos do mundo. Somam-se a isso a intensa vida noturna encontrada na Long Street, via famosa pelos clubes de jazz, e as lojinhas de arte do V&A Waterfront – onde também se encontram restaurantes especializados em diferentes tipos de gastronomia.

Em Eastern Cape ficam as cidades de Port Elizabeth, região banhada pelas águas do Oceano Índico e perto de parques nacionais onde é possível fazer safáris fotográficos; e Jeffreys Bay, mundialmente famosa pelas ondas perfeitas e campeonatos de surfe. A vibração urbana fica por conta da província de Gauteng, onde estão a capital administrativa, Pretória, uma cidade caracterizada pela arquitetura de influência europeia e que é residência oficial e sede do gabinete do presidente da África do Sul, e Joanesburgo, maior cidade da África do Sul e principal núcleo urbano, industrial, comercial e cultural do país. O famoso Kruger National Park, a maior reserva ambienta da África do Sul, também fica próximo a cidade.


Associadas:


Novidades Relacionadas

Confira aqui as últimas notícias do universo Belta Online.

África do Sul: História, diversidade e pluralismo

Em tempos de Copa do Mundo, fica difícil não se lembrar da África do Sul, país-sede do maior...

Confira!

África do Sul

Um dos grandes entraves na hora de escolher um destino de intercâmbio é a questão cambial. Nesse...

Confira!

África do Sul está livre da epidemia do Ebola

Você pode ter visto reportagens na TV ou jornais sobre a epidemia de Ebola na África Ocidental....

Confira!

Diário de Intercambista Cape Town: Dizendo até logo!

Olá Pessoal, tudo bom? Cheguei aos meus últimos dias na Africa do Sul, o clima é de tristeza...

Confira!

Diário de Intercambista Cape Town: Turistando

Olá pessoal, Voltei com mais peripécias de minha viagem por Cape Town, na África do...

Confira!

Intercâmbio Voluntário: uma maneira de mudar o mundo

Embarcar em um intercâmbio voluntário exige bem mais que um inglês intermediário; é preciso...

Confira!

‘Depois que vivi na Nova Zelândia, o mundo ficou maior’

Aluna de mestrado na Universidade de Auckland, Lívia de Paiva conta curiosidades do dia a dia de...

Confira!

6ª edição da Feira de Intercâmbio da Via Mundo em São Luis, acontece no dia 03 de março

Para os interessados em intercâmbio nas regiões do Norte e Nordeste do país, acontecerá a 6ª...

Confira!

Golden Square Shopping recebe o Salão do Intercâmbio ABC

A primeira edição do Salão do Intercâmbio ABC conta uma programação intensa e importante para...

Confira!

Como fazer intercâmbio durante o período de férias

Curso de idiomas de um mês em outro país já é suficiente para ganhar mais...

Confira!
X