Blog

Fique por dentro

Estudar na Nova Zelândia: uma nova maneira de ver a vida

Estudar na Nova Zelândia: uma nova maneira de ver a vida

Open Spaces, Open Hearts, Open Minds – em tradução literal: Espaços abertos, corações abertos e mentes abertas – expressão que resume a Nova Zelândia e que pode resumir também a experiência de estudar e morar no país. Citado constantemente como o lugar mais bonito do mundo, o país se orgulha do título, mas apresenta outras facetas a serem descobertas. Ao longo de sua história, a Nova Zelândia construiu bases sólidas para uma sociedade pacífica, receptiva, economicamente independente, que preza pela qualidade de vida, educação de excelência, e respeita a diversidade.

Os resultados dessa construção podem ser percebidos em números. A Nova Zelândia figura todos os anos nas primeiras posições do Índice Global da Paz, estudo realizado pelo Institute for Economics and Peace a partir de dados coletados sobre criminalidade, investimentos em segurança, entre outros critérios. Em todos os levantamentos a Nova Zelândia se destaca, inclusive no que diz respeito à transparência do poder público e das instituições em geral, por essa razão o país também ocupa o pódio das nações menos corruptas do planeta, de acordo com a Transparency International.

Diante desse cenário não é difícil concluir que a confiança é a principal característica das relações interpessoais dos neozelandeses. Os índices de qualidade de vida alcançam níveis de excelência e o respeito aos direitos humanos é prioridade. Essa maneira inovadora de ver a vida tem reflexos extremamente positivos na qualidade do ensino e na formação dos estudantes.

Professores comprometidos, abertos a novas ideias e tecnologias, instituições que se destacam e uma nação receptiva compõem a fórmula ideal e garantem uma experiência inesquecível para os estudantes internacionais. Sim, a Nova Zelândia tem sido gradativamente notada pelos brasileiros e é cada vez mais procurada por quem deseja estudar inglês, cursar o ensino médio, fazer um curso profissionalizante ou estudar em uma universidade, em programas de graduação, pós, mestrado e doutorado.

A qualidade de ensino do país também pode ser comprovada em números e pelos próprios relatos de quem viveu essa experiência na pele. Todas as universidades da Nova Zelândia estão entre as melhores do mundo pelo QS World University Rankings. O ensino médio também é de excelência. Dados dos Programme for International Student Assessment, que avalia essa etapa da educação, indicam que 8% dos estudantes neozelandeses estão entre os mais bem classificados em todas as áreas.

As qualificações obtidas no país são reconhecidas internacionalmente. A vida prática dos alunos conta com facilidades como a permissão de 20 horas de trabalho durante os estudos (de acordo com o curso escolhido e o nível acadêmico) , bolsas oferecidas pelo governo para cursos de graduação e pós-graduação e famílias que apreciam a troca cultural com os estudantes internacionais.

A Nova Zelândia foi o último país do mundo a ser povoado. Essa nacao jovem é também conhecida por preservar sua natureza e respeitar a cultura nativa. O país foi o primeiro a garantir às mulheres o direito de votar. Além disso, é considerado como o segundo em facilidade para negócios (World Bank) e o sétimo em índice de desenvolvimento humano (ONU). Um terreno fértil para mentes curiosas e experiências singulares.

Visite o site da Education New Zealand para saber mais sobre as opcoes de curso e instituicoes de ensino do pais.

Fique em contato com a gente: 

Facebook
Twitter
Youtube
Instagram 
Facebook – Embaixada da Nova Zelândia no Brasil 

Artigos relacionados

Programas de Intercâmbio

Graduação, idioma, estágio, trabalho voluntário. Conheça os programas de intercâmbio e veja...

Continue lendo

Check List

Quando o tão esperado intercâmbio se aproxima muitas dúvidas sobre documentação, bagagem,...

Continue lendo

Suiça

A Suíça foi considerada o quarto país mais feliz do mundo em 2017, segundo o Relatório Mundial...

Continue lendo

Junte-se à discussão

Eu Fui!

Veja abaixo a opinião de quem já viajou com as associadas Belta.

X