Blog

Fique por dentro

Ensino Fundamental e Médio

Ensino Fundamental e Médio

Na Austrália, a educação, focada no mundo real, encoraja os estudantes a desenvolver ideias que solucionam os desafios de hoje e de amanhã.

Estudantes internacionais, sempre muito bem-vindos, podem estudar em todos os níveis de educação: ensino primário e secundário, ensino técnico e superior, além dos cursos focados no desenvolvimento de inglês. Independentemente do que você esteja estudando ou por quanto tempo, as leis da Austrália promovem ensino de qualidade e proteção para quem chega de outros países.

A qualidade de ensino oferecido na Austrália é medida criteriosamente, e em todos os níveis, para assegurar a satisfação das elevadas expectativas de quem vai para estudar. Todas as instituições à disposição de estudantes internacionais devem atender aos requisitos da Lei dos Serviços Educacionais para Estudantes Internacionais (ESOS) e também estar registradas no Commonwealth Register of Institutions and Courses for Overseas Students (CRICOS) do Governo Australiano. Este registro permite que o governo monitore o ensino oferecido aos estudantes internacionais na Austrália e garante que ele seja consistente e de alta qualidade. Ou seja, ideal para você!

Trabalhar e estudar na Austrália? Yes, you can!
Questões financeiras quase sempre são um entrave na hora de planejar os estudos no exterior. Mas, na Austrália, o estudante brasileiro tem a possibilidade de compensar as despesas trabalhando meio período – 40 horas a cada quinze dias – durante o desenrolar do curso. Nada mal, não é?

Estude inglês!
O inglês é o idioma internacional dos negócios, tornando-se uma habilidade fundamental para o mercado de trabalho atual, cada vez mais globalizado.
Estudar inglês na Austrália vai muito além de repetir palavras em sala de aula. Com um longo histórico de ensino em inglês para estudantes internacionais, a abordagem australiana de ensino foca no pensamento crítico, bem como no trabalho em grupo e em projetos — tudo elaborado a partir de experiências da vida real, o que significa estudantes apreendendo o idioma para que ele também possa ser aplicado na vida cotidiana e nas conversas do dia a dia.

Os estudantes também adquirem habilidades no trabalho em equipe, por meio da comunicação entre culturas e articulação de ideias, dando a eles competitividade para suas aspirações futuras.

A Austrália é o único país no mundo com uma estrutura de reconhecimento para manter um padrão nacional de ensino de inglês, além de revisões consistentes da qualidade e realização de auditorias. Isso garante que o ensino de inglês da Austrália mantenha sempre uma alta qualidade.

Na Austrália, os cursos de inglês são ministrados em diferentes tipos de instituições: escolas de inglês, institutos técnicos e universidades. As datas de admissão são flexíveis, começando desde uma vez por semana até uma vez por mês. A duração dos cursos, na maioria das vezes, pode ser adequada à agenda de quem quer estudar no país, indo de breves semanas a longos meses.

O tempo está a seu favor na Austrália. 

Ensino Fundamental & Médio

As escolas primárias e secundárias australianas promovem mais que a simples leitura, escrita e ensino de matemática. Elas focam na transmissão de um ensino envolvente e coerente aos jovens. Comunicação, autodisciplina e respeito são estimulados dentro da sala de aula.

De maneira bem similar ao Brasil, o ano escolar na Austrália começa no fim de janeiro e termina meados de dezembro, com períodos de férias curtas durante o ano e férias de verão no fim do ano.

As escolas do país oferecem um amplo currículo nas principais áreas de aprendizado, tais como inglês, matemática, estudos sociais e ambientais, ciências, artes, línguas estrangeiras, tecnologia, saúde e educação física.

Há uma variedade de métodos de aprendizado utilizados na escola, como por exemplo: aprendizado dirigido pelo professor, pesquisa de estudantes, projetos e apresentação em grupo, apresentações visuais, ensino à distância e salas de aula interativas. Os métodos de avaliação dos alunos podem incluir projetos de pesquisa individual, avaliações em grupo, apresentações orais e visuais, com o uso de diversos tipos de tecnologia. Um universo de possibilidades se desenvolve junto com os estudantes.

Os certificados do ensino secundário, equivalentes a 12 anos de estudo, são reconhecidos em toda a Austrália e no exterior.

Ano, semestre, trimestre ou experiência completa? 
A experiência do ensino fundamental ou médio para estudantes estrangeiros é flexível, podendo durar apenas um trimestre, um semestre ou um ano letivo – ou ainda todos os anos de ensino. Na volta ao Brasil, o aluno pode retomar seus estudos de onde parou na Austrália. Em vias gerais, basta ter cursado matérias que são equivalentes em ambos os países.

Artigos relacionados

Belta participa da EduExpos, maior feira de intercâmbio!

Os interessados em estudar no exterior têm duas ótimas feiras para visitar em setembro. A...

Continue lendo

Nova Zelândia: um dos destinos mais paradisíacos do planeta

A essa altura, todo mundo já sabe que a Nova Zelândia é um dos destinos mais paradisíacos do...

Continue lendo

Espanha: terra rica em climas, culturas, sabores e idiomas

Banhada pelo Atlântico e pelo Mediterrâneo, a Espanha é uma terra rica em climas, culturas,...

Continue lendo

Junte-se à discussão

Eu Fui!

Veja abaixo a opinião de quem já viajou com as associadas Belta.

X